Entre os mais disputados e cobiçados, o concurso para o cargo de Auditor Fiscal da Receita Federal está entre eles.

Devido a sua remuneração e outros benefícios, os concurseiros começam a estudar para este concurso anos antes do seu edital ser publicado, pois esse cargo é um verdadeiro sonho para muitos.

Para os concurseiros que esperam anos por essa oportunidade, a boa notícia é que a Receita Federal do Brasil já solicitou ao Ministério da Economia a autorização para um novo concurso, para promover vagas de Auditor-Fiscal, Analista Tributário e Assistente Técnico Administrativo.

O órgão aguarda a autorização do pedido, pois sofre com a escassez de servidores, pois o déficit desses, cresce a cada ano.

Devido a grande quantidade de aposentadorias, a tendência é que esse número aumente ainda mais.

Há cinco anos sem concurso, atualmente são 21.741 cargos desocupados, sendo 11.325 de Auditores-Fiscais e 10.416 de Analista Tributários.

Já havia sido informado pelo diretor de comunicação do Sindicato Nacional dos Analistas da Receita Federal (SindiReceita), Odair Ambrósio, em novembro de 2018, que o órgão operava apenas com 40% do efetivo.

Muitos servidores recebem abono permanência, por já poderem se aposentar.

O Diretor alerta que o órgão está ameaçado de paralisar suas atividades, devido a situação gravíssima em algumas unidades, pelo número de servidores chegar a 45% com possibilidades de aposentadoria.

Devido a essa quantidade de servidores se aposentando, foram pedidas 5.000 vagas para o cargo de Auditor Fiscal.

Auditor Fiscal da Receita Federal

O que faz um Auditor Fiscal da Receita Federal

O Auditor Fiscal da Receita Federal profere e elabora decisões ou participa em processo administrativo-fiscal, como restituição ou compensação de contribuições e tributos de reconhecimento de benefícios fiscais em processos de consulta.

Ele também executa procedimentos de fiscalização, praticando atos da legislação, como o controle aduaneiro, apreensão de mercadorias, documentos, livros, equipamentos, matérias e assemelhados.

Constitui o crédito tributário e de contribuições.

Além disso, o Auditor Fiscal da Receita Federal, examina a contabilidade de empresários, órgãos, sociedades empresariais, entidades, fundos e demais contribuintes, aplicando restrições previstas do Código Civil.

Confira também o artigo sobre o concurso TRF-3 (Tribunal Regional Federal) e veja quais as vagas estarão abertas para o ano de 2019.

Remuneração do Auditor Fiscal da Receita Federal

Vamos falar agora, sobre o salário do Auditor Fiscal da Receita Federal, um dos motivos pelo cargo ser tão concorrido.

Recentemente, uma lei para o aumento salarial para os Auditores Fiscais foi aprovada.

Com essa lei aprovada, o salário do Auditor Fiscal do Trabalho, se inicia no valor de R$20.123,53.

A lei também aprovou a criação de um bônus eficiência e de redução do número de níveis na tabela salarial, permitindo o servidor, chegar mais rápido ao teto da carreira.

O salário do Auditor Fiscal da Receita Federal, ocorria por subsídio, paga em parcela única, impedindo parcelas adicionais, como gratificações, permitindo apenas o auxílio alimentação.

Com a aprovação da lei, os servidores passam a receber a modalidade vencimento, os Auditores Fiscais passam a receber bônus eficiência no valor de R$3.000,00, fora outros benefícios.

O salário do Auditor Fiscal da Receita Federal pode chegar a R$27.303,62 no teto salarial, somando com o bônus eficiência, esse valor passa dos R$30,000,00.

Além desses reajustes já citados, houve a redução de níveis para a progressão na carreira.

Assim os Auditores Fiscais, chegam mais rápido ao teto.

Houve também, redução no tempo mínimo para cada passagem de nível. De 18 meses para 12.

Assim, em 10 anos, o Auditor Fiscal chega no teto salarial.

Para você concurseiro que gostaria de participar do Concurso da Petrobrás, confira quais áreas que poderão abrir no ano de 2020 e qual remuneração para cada cargo.

edital auditor fiscal da receita federal

Edital do concurso Auditor Fiscal da Receita Federal

Depois de autorizado, o concurso para Auditor Fiscal da Receita Federal, é realizado em um curto período de tempo.

Geralmente o edital é publicado 15 dias depois da autorização e as provas são realizadas em 60 dias.

Os aprovados são nomeados 45 dias depois da prova.

Por esse motivo, o concurseiro que espera o edital para o concurso Auditor Fiscal da Receita Federal ser publicado, não tem muito tempo para estudar.

É sempre bom, começar os estudos com antecedência, pois a prova exige muito dos candidatos.

A avaliação dos candidatos é feita por meio de provas objetivas e discursivas.

A prova objetiva contém as seguintes matérias:

  • Língua Portuguesa
  • Espanhol ou Inglês
  • Administração Geral e Pública
  • Direito Tributário
  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo
  • Raciocínio Lógico-Quantitativo
  • Auditoria
  • Contabilidade Geral e Avançada
  • Comércio Internacional e Legislação Aduaneira
  • Legislação Tributária

Leia também sobre o Edital Auditor Fiscal do Trabalho e confira detalhes.

 concurso auditor fiscal da receita federal

Uma boa dica, é o candidato se basear os seus estudos nas últimas provas dos concursos realizados, pois assim, consegue ter uma noção das matérias que podem ser cobradas, o tipo de questão e a quantidade.

O edital Auditor Fiscal da Receita Federal, exige que o candidato possua diploma de curso superior concluído em qualquer área, registrado pelo Ministério da Educação (MEC).

A concorrência para esse concurso é muito alta, sempre sendo superior a 100 candidatos por vaga.

Não se assuste concurseiro, pois nem sempre todos esses candidatos estão aptos a serem aprovados a essa vaga.

Se você pretende se inscrever para outros concursos públicos, indico você a ler sobre o Concurso FGV. Foram abertas diversas vagas para 2019!

Muitos inscritos nem chegam a realizar a prova, assim, o número de concorrente por vaga cai.

Muitos dos inscritos são eliminados também, por não conseguir a nota mínima em algumas disciplinas.

No último concurso, por exemplo, apenas 804 candidatos fizeram o mínimo em todas as disciplinas, nesse caso, a concorrência cai para 1,4 por vaga.

Desse jeito, você concorrerá consigo mesmo.

É preciso acertar 40% das questões das provas, disciplinas com 10 questões, é preciso acertar 4 delas.

É essa característica que mais reprova candidatos no concurso.

Confira também o Concurso FCC e quais as áreas abertas para 2019  e suas remunerações.

Mesmo o concurseiro que foi bem na maioria das disciplinas, conseguindo uma nota geral elevada, é reprovado por não atingir o mínimo em cada matéria.

Por isso, concurseiro, não queira passar por essa situação.

Não recomendamos que deixe passar nenhuma matéria do concurso, por mais que ela pareça irrelevante.

Essa disciplina pode te tirar do concurso.

Faça um plano de estudo, para conseguir organizar todas as matérias.

Assim você consegue fazer resumos e revisões diárias, para não esquecer nenhum assunto importante, que pode cair na prova.

Existem também diversas vagas disponíveis por meio de concursos públicos. E se você gostaria de conhecer essas vagas, leia sobre Concursos 2019 e confira.

Se preparando adequadamente, se dedicando e se antecipando nos estudos, focando em todas as matérias que saem no edital Auditor Fiscal da Receita Federal, as chances de você ser aprovado no concurso são enormes.

Write A Comment